Saiba Como Eliminar As Estrias Definitivamente Através das Dicas Incríveis Do E-book Abaixo Sem Precisa de Remédios Malucos e Dicas Milagrosas! É Só Clicar e Acessar Agora!

tratamento para estrias

Óleo Para Estrias Na Gravidez

Óleo para estrias na gravidezO aparecimento de estrias pode ser motivo de transtorno para a maioria das mulheres. E embora alguns homens também possam ter este problema, não há como negar que para as mulheres elas são um incômodo a mais. Podem surgir principalmente durante a gestação, e uma vez que aparecem podem ser muito difíceis de serem removidas. Por isso, algumas recomendações são feitas para prevenir seu surgimento, como por exemplo, o óleo para estrias na gravidez e a aplicação de hidratantes potentes.

Primeiro é preciso entender a causa do surgimento das estrias, e assim evitar que elas apareçam. As estrias são um tipo de cicatriz que se forma na pele quando a mesma se estica além de sua capacidade, devido a fatores como: aumento de peso, gravidez, uso de corticóides, etc. Para evitar que elas apareçam, a pele precisa estar bem nutrida e hidratada, capaz de suportar o estiramento quando ele acontecer. Esta nutrição da pele pode ser feita através de hidratantes, óleos corporais, alimentação balanceada e pela ingestão de água.

Fatores genéticos também são determinantes neste caso, então é prudente observar se há parentes próximos que já sofrem com as estrias, e desta maneira se precaver quanto à possível ocorrência das mesmas se estiver grávida.

Para as gestantes o indicado é cuidar para que não se ganhe muito peso durante a gravidez, pois como isso ocorre em pouco tempo é possível que apareçam estrias em locais como: seios, nádegas, abdômen e coxas. Além disso, deve-se consultar um dermatologista que poderá indicar o melhor cosmético a ser utilizado neste período, e que não traga riscos para o bebê.

Algumas opções de óleos podem ser encontradas em farmácias e grandes perfumarias, e há aqueles que podem ser manipulados conforme recomendado pelo médico.

tratamento para estrias

Óleo de amêndoas: é o mais popular e o mais utilizado pelas mulheres, gestantes e não gestantes, para combater as estrias. O valor reduzido aliado á alta capacidade de hidratação faz com que este produto seja o queridinho das futuras mamães, além de não possuir nenhuma contra indicação. Para uma fórmula mais concentrada, pode ser adquirido em farmácias de manipulação.

  • Creme de uréia e óleo de semente de uva: o creme da marca Granado possui uma fórmula segura para gestantes, composto de óleo de semente de uva e de uma alta concentração de uréia, que irá proteger a pele contra as estrias.
  • Óleo Vegetal para Prevenção de Estrias: este produto do O Boticário possui vitamina E, que além de suas propriedades antioxidantes também auxilia a manter a elasticidade do tecido.
  • Óleo vegetal para gestante Natura Mamãe e Bebê: Este óleo vegetal possui passiflora em sua composição, uma flor que possui propriedades calmantes naturais, e um perfume suave e relaxante.
  • Eucerin Oleo de Duche: Este óleo importado deve ser utilizado na pele no lugar do sabonete, para garantir a máxima hidratação e evitar as estrias, e é principalmente indicado para peles sensíveis ou muito ressecadas.
  • Materskin Loção Corporal: Este hidratante possui três tipos de óleos em sua composição: óleo de amêndoas, óleo de calêndula e óleo de macadâmia, que possuem também propriedades antiinflamatórias e cicatrizantes, ideais na prevenção de estrias.
  • Mustela: Muito famoso dentre os dermatologistas, este creme oferece tratamento para estrias antes e depois do parto. É composto por ativos naturais, abacate, manteiga de karité e pode ser utilizado sem preocupação por gestantes e lactantes.
  • Bio-Oil: Apesar de ser novo no mercado, tem conquistado a confiança das gestantes brasileiras devido a sua alta eficácia e baixo custo. Sua formulação é composta de vitamina E, vitamina A, calêndula, lavanda, alecrim e camomila e atua como estimulante de colágeno e renovador celular. Também Possi a vantagem de poder ser utilizado em qualquer parte do corpo, sem contra indicação.

Estes são os produtos mais comuns encontrados no mercado para prevenção de estrias durante a gestação. Existem vários outros produtos importados e nacionais, uns mais caros, outros mais baratos, e a adaptação da mulher com cada produto irá variar de acordo com sua textura, fragrância e absorção da pele.

Já a capacidade de hidratação de cada um deles é bem semelhante e cumprem bem seu papel de manter a pele vistosa e saudável, que é o intuito ao escolher um óleo para estrias na gravidez.

tratamento para estrias caseiro

ENTÃO... QUAL É O MELHOR TRATAMENTO PARA ESTRIAS?

Olá! Vou resumir aqui qual é o melhor tratamento definitivamente para estrias, preciso ser honesta com você! Se você procura alguma solução mágica certamente não irá encontrar em lugar algum...

A verdade é que eu passei vários problemas por causa das estrias, me sentia realmente péssima em relação à quantidade de estrias que eu possuía...

O pior era que nenhum método que eu usava realmente me ajudava a acabar com elas! Era realmente frustrante ter que viver cheia de estrias e sem chances de curar, mesmo usando todos os produtos ou métodos que as pessoas falam que funcionava...

Era realmente terrível ter que continuar com aquelas manchas na pele e sem qualquer perspectiva de melhorar...

A minha sorte só mudou quando conheci o Método E-book Elimine Suas Estrias, tudo isso graças a minha irmã Lúcia! Ela usou o método, como eu morava longe dela não sabia, acabou que ela conseguiu melhorar o nível de estrias que ela possui! Era realmente incrível!

Se você deseja conhecer esse método também esse link aqui é do site oficial! Compartilho com você esse link porque sei como é terrível ter o corpo cheio de estrias e sem perspectiva de melhorar...

Eu não quero que ninguém acabe cheia de estrias, tudo porque não conhece esse incrível tratamento para estrias! Se você quer conhecer é só clicar aqui nesse link.

Um Beijo!

Ana

Artigos Relacionados:

Como acabar com as estrias da gravidez

acabar com as estrias da gravidezA gravidez é um período mágico para as mulheres. Durante cerca de nove meses o corpo feminino passa por inúmeras transformações que acontecem com o intuito de gerar uma nova vida e criar um ser humano a partir do zero. Estas transformações podem, no entanto ser difíceis para algumas mulheres especialmente quando se trata da estética. Estrias, manchas, excesso de peso e enfraquecimento de unhas e cabelos podem ser algumas das consequências da gestação. Saiba como acabar com as estrias da gravidez e conheça os métodos disponíveis para tratamento, inclusive no pós-parto.

               Durante a gestação o corpo muda de forma para acomodar o bebê e cada parte dele se ajusta a esta nova realidade. Com o passar das semanas e o crescimento da criança a pele da nova mamãe precisa se esticar para acompanhar o aumento da barriga, quadril e seios, e durante este processo podem surgir marcas semelhantes a cicatrizes, que são mais conhecidas como estrias.

Como acabar com as estrias da gravidez tratamento caseiro e naturalmente antes e depois da gravidez

               As estrias aparecem porque a camada mais superficial da pele se rompe além de sua capacidade elástica, e isso pode acontecer devido ao aumento de peso, ganho de massa muscular, adolescência (devido ao crescimento rápido de alguns jovens) e gravidez.             

               A genética também interfere no surgimento das estrias, portanto algumas pessoas têm mais disposição a este problema do que outras. Se algum parente próximo possuir estrias, a possibilidade de que você também possa tê-las são muito grandes.

               E apesar deste não ser um problema exclusivo das mulheres, certamente são elas que mais sofrem com as marcas na pele, que podem surgir nos seios, braços, barriga, coxas, nádegas e ombros. Em homens, as estrias costumam surgir nas costas e nos braços.

               Durante a gestação as estrias costumam aparecer a partir do sexto mês, mas isso irá depender muito do tamanho do bebê e da quantidade de peso ganho pela mãe. Portanto, a mulher deve cuidar da alimentação durante esta fase para que além de diversos outros problemas de saúde que possam surgir, o excesso de peso não cause tantas marcas que depois possam ser difíceis de serem removidas.

               A hidratação da pele também não deve ser descuidada neste período, pois a estria surge quando a derme não tem elasticidade o suficiente para suportar seu estiramento. Uma pele bem hidratada com soluções específicas e óleos corporais pode ajudar a evitar que estas marcas apareçam, mas é preciso lembrar que não há nenhum tipo de prevenção 100% eficaz. Beber bastante água e praticar atividades físicas também auxilia no bom condicionamento da pele.

               Mas para saber como acabar com as estrias da gravidez que acabaram surgindo mesmo com todos os cuidados possíveis, é recomendável consultar um médico que poderá indicar o tratamento mais adequado a cada situação. Atualmente, existem vários procedimentos estéticos disponíveis e soluções dermatológicas, conheça os mais recomendados:

                – Drenagem linfática: é um método eficiente para eliminar ou amenizar as estrias da região da barriga, enquanto estão em sua fase inicial, apresentando coloração roxa ou avermelhada. Os movimentos realizados durante a drenagem irão estimular a região e a circulação sangüínea reduzindo os inchaços que causam as estrias;

                – Tratamento a laser: este é o procedimento mais comum para diminuis a aparência das estrias. Pode ser realizado enquanto a mãe estiver amamentando e não utiliza nenhum produto que possa ser perigoso para o bebê.

                – Ácido retinóico: este é um tratamento muito eficaz, mas que só pode ser realizado se a mulher não estiver mais amamentando. Consiste na aplicação de ácidos sob as estrias estimulando a produção de colágeno e elastina na região, promovendo assim a renovação da pele.

                – Micro dermoabrasão: nesta técnica, uma esfoliação intensa é realizada na parte da pele que tem estrias, através de um aparelho que possui micro cristais em sua ponta e irrita a região, estimulando a renovação celular. Não deve ser realizado por mães que estão amamentando, porque necessita de anestesia local. É um procedimento que pode ser mais dolorido que os demais.

               É importante lembrar que a eficácia destes tratamentos estéticos pode ser comprometida de acordo com a pele da paciente, o tamanho das estrias e há quanto tempo elas surgiram. As estrias mais recentes têm grandes chances de desaparecer, mas as mais antigas e esbranquiçadas são muito difíceis de remover, e neste caso podem ser apenas amenizadas.

               O melhor método para acabar com as estrias da gravidez deve ser indicado pelo médico que deverá analisar a gravidade da situação e recomendar o tratamento ideal para cada paciente, especificamente.

Artigos Relacionados: